A partida de Kerala fez-se muito cedo. Saímos da capital da região (antiga Trivandrum) que tem um nome quase impronunciável… Thiruvananthapuram. Conseguiram?


kerala-carro

Kerala significa, literalmente, a terra das palmeiras. Estas e os seus cocos são algo muito importante, cultural e economicamente. A chamada “árvore mãe” dá o côco, fruto muito vitaminado, que é usado abundantemente na gastronomia, e não só!


kerala-vista-1

Kerala significa, literalmente, a terra das palmeiras. Estas e os seus cocos são algo muito importante, cultural e economicamente. A chamada “árvore mãe” dá o côco, fruto muito vitaminado, que é usado abundantemente na gastronomia, e não só!


kerala-palmeiras (1)

O nosso autocarro – decorado primorosamente pela organização, com o nome de todos os países participantes – percorre as ruas das vilas a caminho de Allepey, região dos grandes canais e dos tradicionais barcos-casa (Backwaters of Kerala).


kerala-bus


kerala-bus-portugal


kerala-boats

Esta é também uma zona onde há muitos e bons cajus – e também aqui houve, durante muito tempo, a presença de portugueses (e holandeses) à procura do ouro deste país, ou seja, as especiarias.


kerala-barcos

Allepey é considerada a Veneza da região devido aos seus longos canais, onde estão mais de 1.400 casas-barco.


kerala-casas-barco

Pelo caminho, antes de Allepey, fizemos uma paragem em Kollam para um pequeno-almoço com uma vista maravilhosa, no WelcomHotel Raviz Astamudi – Resort e Ayurveda Spa. Também aqui têm barcos que são restaurantes. Na receção, está a representação de duas figuras míticas do teatro indiano: Khatakali. E a música dos tambores só nos faz querer dançar!


Kerala-WelcomHotel


kerala-india


kerala-tambores

Voltamos ao caminho, em direção a Allepey, para entrarmos nas famosas casas-barco da empresa Rainbow Cruises premiada várias vezes pelo Turismo Oficial de Kerala.


kerala-vista-quarto

Opera uma frota de 25 casas-barco que podem ter desde 1 a 5 quartos, todos com ar condicionado (seria impossível estar lá sem ar condicionado!).


kerala-barco

O interior dos barcos tem salas, quartos e, não se preocupe, porque não vai ter de cozinhar: cada barco tem uma equipa que trata de tudo por si! Eles manobram o barco, limpam e cozinham a típica a comida indiana. Muito bom!


kerala-barco-interior


kerala-foods


kerala-mais-comida

Durante toda a tarde fazemos este passeio espetacular ao longo dos rios e canais, ladeados pelos famosos arrozais de Kerala (é um arroz um pouco maior do que o habitual).


kerala-vista-barco

Ao longo dos canais podemos ver as casas dos habitantes. Senhoras que lavam a roupa na beira do rio, crianças que brincam e outras que chegam da escola à boleia dos barcos ferry “Super Express”.


kerala-roupa




kerala-roupa


kerala-janela

À noite, é quase impossível sair do barco por causa da quantidade de mosquitos e mini-gafanhotos que nos fazem uma “visita”, mas também porque fica escuro como breu. Dormimos calmamente no quarto, embalados pelos poucos barcos que passam à noite com candeias à frente.


kerala-quarto


kerala-cama


kerala-sunset

Ao amanhecer, o barco começa a andar: é quase como estarmos num filme a vermos a vida dos habitantes nas margens a decorrer. Mal acordamos, o pequeno almoço já está à nossa espera. Não podíamos querer mais nada!


kerala-barco-food (1)


kerala-comidas


kerala-barco-food (1)

Continuamos a viagem de volta até ao cais de embarque dos barcos-casa. Foi uma viagem maravilhosa. Obrigada à nossa tripulação!


kerala-crew


kerala-cais


kerala-views