Olá Pessoal,

Carioca Travelando checking in

Você está acompanhando as aventuras do Carioca Travelando por Kerala, no Sul da Índia? Quem me segue por aqui, pelo Facebook, Instagram e Twitter, viu que eu já tive a oportunidade de ficar bem pertinho dos “elefantes artistas” em Chiang Mai – um outro viajão que foi a Tailândia e em minha recente e relaxante visita ao encantador Sri Lanka. Mas já posso adiantar para vocês que essa experiência em Kerala, no Orfanato de Elefantes foi completamente diferente e surpreendente.

Olha esse mocinho fazendo gracinha comigo 🙂

O orfanato dos Elefantes (Elephant Rehabilitation Centre em Kottur) que visitamos na Índia, é mantido pelo governo do estado de Kerala e atualmente abriga 11 elefantes. A cultura indiana tem um imenso respeito pelos animais em geral. Tanto que grande parte da população não consome carne de boi, ou é totalmente vegetariana. Você já deve ter ouvido falar que as vacas são animais sagrados em certas partes da Índia, certo? Já os elefantes são considerados animais de estimação por muitos, e ter um “bichinho” desses como pet, é sinal de grande status por aqui.

Segundo o nosso guia, para um cidadão indiano possuir um elefante é preciso desembolsar a bagatela de mais ou menos $20K (custo do animal e licenças do governo). Sem contar os custo de alimentação, cuidados veterinários e etc. Ter um elefante de estimação, definitivamente não é para qualquer um, não é mesmo?

Imagina a cena… você chega em casa do trabalho, e esse “lindinho” vem correndo pela sala te recepcionar, cheio de alegria pronto para pular em seus braços. Já pensou ?

Os elefantes que estão nesse orfanato foram resgatados de situações ilegais como circos, ou mesmo foram encontrados em condições de maltratos, machucados ou famintos vagando em meio a floresta. Após chegarem ao orfanato, os nossos amiguinhos passam então a receber todo o cuidado especial de veterinários e uma alimentação apropriada.

Chegamos cedinho ao orfanato e bem na hora do banho – Iuuupíííí! Pensa na delícia que deve ser para um elefante ser escovado assim? Eu não perdi a oportunidade, levantei as barras das calças e cai pra dentro d’água. Para esfregar os elefantes usamos cascas de coco (e eu bobinha, esperando receber uma escova…#sabedenadainocente) – e eles até fechavam os olhinhos de tão relaxados – puro Spa indulgence, tá pensando o que…

Sem dúvidas um momento mágico, e uma interação única com um animal tão poderoso, e ao mesmo tempo tão dócil, que eu nunca vou esquecer. Nunca imaginei que ia dar banho em um elefante na minha vida. E não é que foi divertido?

Uma curiosidade: os elefantes da Índia costumam ter a tromba bem maior que chega a arrastar no chão. Dá pra ver a diferença dos elefantes que encontramos no Sri Lanka e naTailândia.

Uma coisa que reparei e me deixou um pouco apreensiva e triste foi ver alguns bichinhos acorrentados pelas patas. Perguntei o porque disso ao nosso guia, e ele nos disse que se eles ficarem completamente soltos, podem voltar a floresta, ou até mesmo se perder pela cidade – e quem já não viu uma dessas fotos pela internet? Dessa maneira eles provavelmente não sobreviveriam sem o devido cuidado e alimentação adequada. De acordo com o orfanato, são mais ou menos 300kg de comida por dia para cada elefante – esses sim são bons de boca mesmo, viu?